Destaque

Destino? - Capitulo 01

_"Em um mundo pós apocalíptico, um garoto tem que acabar com o mal e assim salvar o mundo". Seria legal não? - disse um garoto de...

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Lass - Cap.15

O tio de Lass tinha desaparecido, Lass e Tsuki decidiram ir investigar o que aconteceu, como não dava pra enviar uma ajuda, o Diretor apenas forneceria equipamento e dinheiro para resgatar seu velho amigo.
Passou-se um tempo, Lass e Tsuki estavam jogando e um carro veio os buscar, era o próprio Diretor.
_Preparados? – disse o Diretor ao bater na porta e ser recepcionado por Tsuki e Lass
_Ainda não, tenho que pegar documentos em casa – disse Tsuki um pouco envergonhado já que sabia que todo o minuto era precioso
_Vamos indo para lá então – disse o Diretor dando meia volta
_Vamos – disse Lass carregando uma mala e trancando a porta da casa. Entraram no carro e passaram na casa de Tsuki, que pegou uma bolsa pequena com algumas roupas, dinheiro e documentos. Estavam agora indo em direção à rodoviária.
_Não sabemos com quem estamos lidando então tomem cuidado, as pessoas que eu mandei observar a casa ligaram apenas uma vez e depois não conseguimos contatar eles. Podem ser mais perigosos que parece. Não podemos enviar pessoas para lá porque estaríamos indo em um lugar fora de nosso território. Estarei disponibilizando notebook, celular e alguns equipamentos caso precise, boa sorte.
Chegaram à rodoviária, Lass estava nervoso, Tsuki estava com medo, logo o ônibus chegou, seria uma hora e meia ate o destino. Eles entraram no ônibus e foram. Na viagem, Tsuki dormiu e Lass ficou no modo pensamento para poder vigiar se caso tenha algum movimento suspeito no ônibus ou ao redor (carro seguindo).
Ao chegar à cidade, Lass ficou perdido, não sabia por onde começar. Comparado com a cidade que Lass tinha mudado, essa cidade tinha muito menos verde, tinha muitos prédios e o clima era de cidade grande.
_Bom, vamos encontrar um hotel e depois comer – disse Tsuki ao ver Lass desorientado
­_Beleza – disse ele – Conhece algum?
_Já vim aqui com a família, conheço um muito bom – disse ele apontando e indo em frente – É perto daqui.
Saindo da rodoviária, alguma quadra depois estava ele, o Hotel das Estrelas. O saguão era bem bonito com vários quadros e varias pessoas em volta da recepção
_Parece caro – disse Lass preocupado, apesar de ter dinheiro para pagar
_Não é tanto, mas a segurança aqui é muito boa – disse Tsuki indo a recepção. Ele pediu um quarto com camas separadas, era no oitavo andar, numero 83.
_Vamos então, colocar as coisas lá no quarto e ir comer? – disse ele ao Lass chegando com a chave
_Ok
Eles subiram, o quarto era bem espaçoso, colocaram as coisas lá no quarto, tomaram um banho e foram sair para comer
_O que gostaria de comer? – disse Lass par Tsuki
_Bora pizza – gritou animado – Conheço um bom lugar para comer, eu ia com minha família

_Maneiro

Lass - Cap.14

O tio de Lass tinha sido seqüestrado, Lass estava afim de ir para a cidade do Tio e ver o que aconteceu com ele.
_Como assim viajar? – falou assustado Tsuki
_Exatamente, vou ser rápido: tio desapareceu, vou procurar por ele – disse ele animado
_Tem aula ainda... – disse Tsuki indo se sentar no sofa – E não vai ser perigoso?
_Amanhã é sexta, faltar só um dia, da pra viajar e aproveitar o fim de semana – disse ele
_E não sei, foi um seqüestro... - disse Lass indiferente e se sentando no outro sofá
_Mal te conheço e já me leva pra um lugar assim...
_Não precisa ir se não quiser, só convidei por educação – entregando um controle de play2 para Tsuki e ligando o jogo
_To vendo a educação...
_Vou ver aqui – Tsuki tirou o celular do bolso, discou alguns números, tinha ligado para sua mãe, e perguntou se poderia faltar amanha para ajudar um amigo em um problema familiar, viajariam hoje e voltariam no domingo.
_O que ela disse? – falou Lass
_Ela deixou – disse Tsuki animado – Ate vai depositar um dinheiro no cartão para caso precise
_Mas que mãe compreensiva – disse Lass – Mas beleza – Lass foi direto para o telefone e ligou para alguém – Eles vão vir nos buscar
_Agora?Tenho que arrumar as coisas. – disse Tsuki – Pra quem você ligou, quem vai nos buscar?
_O Diretor vai pagar nossa passagem para lá, vamos ate sua casa e depois ate a rodoviária, ele é amigo do meu Tio, ele quer descobrir o que aconteceu, mas pode ter alguém vigiando, melhor nos investigarmos sozinhos, somos só adolescentes
_Tem razão, vamos então – disse ele
_Mal te conheço e você já me coloca em algo assim?
_Calma, chegaram daqui a três horas – disse Lass
_Então vamos jogar – disse ele prestando atenção na televisão

_Opa

Lass - Cap.13

_Já sei - ele pegou o telefone e ligou para a escola, caindo direto para o Diretor, ele explicou que algo poderia ter acontecido com o seu Tio
_Checarei o que esta acontecendo com ele – disse o Diretor e desligou, o diretor estava cético de ter acontecido algo com o Tio de Lass.
Ele logo ligou para alguns de seus colegas que mora na cidade onde o Tio de Lass estava e pediu para checarem a casa dele, depois de 30 minutos, eles retornaram e disseram que a casa tinha invadida e não tinha ninguém nela.
A casa de Roger (tio de Lass), tinha um andar, era uma casa grande, tinha varias coisas igual a sala do diretor, mas estava tudo espalhado, como se tivesse ocorrido uma luta e depois como se tivessem procurando por algo.
O Diretor então ficou em choque, era seu melhor amigo. Tentou ligar para Lass, mas não conseguia se mover, estava paralisado pelo ocorrido. Tinha conversado com ele semana passada.
_Droga – disse ele, respirou fundo e depois de alguns minutos ligou para Lass e falou a situação, a casa tinha sido invadida e não tinha ninguém lá.
_Farei de tudo para encontrar ele – disse o Diretor
_Ok – disse Lass desligando – Não tenho usado muito meu poder, mas essa é uma boa hora... – ele pensou – Será que querem me atrair ate lá e me capturarem? Provavelmente. Se sabem dos meus poderes, talvez tenha uma armadilha especial para me prender ou saber onde estou.
_Merda – resmungou Lass – Melhor fazer almoço e penso no que fazer
Passou-se mais duas horas, Lass tinha limpado a casa, arrumado a porta quebrada, feito os exercícios, estudado, almoçado e arrumados as roupas. Tsuki então chegou e Lass estava vendo TV
_Opa, cheguei para jogar  - disse Tsuki ao bater na porta e ser recebido por Lass
_Vamos jogar, ta a fim de viajar? – disse Lass do nada

_Quê? – respondeu assustado

Lass - Cap.12

Depois de ir a sala do Diretor no intervalo, Lass volta para a sala como se nada tivesse acontecido. Tsuki que estava comendo o lanche dele viu e logo foi perguntar o porquê de tudo aquilo. Lass respondeu que era apenas um comunicado. A aula começou e tudo foi normal ate o fim.
_Bora jogar algo em casa? – disse Lass no final da aula se levantando da carteira e pegando seu material
_Depois do almoço passo lá – disse Tsuki arrumando seus materiais
_Beleza – disse Lass saindo da sala e indo direto para o portão da escola
_Por enquanto, tudo normal – pensou Lass, olhando para o lado vê se não tinha ninguém seguindo ele ou querendo bater nele. Ele ficou assim ate chegar em sua casa. Ao chegar em casa, o telefone toca.
_Meu tio, vou contar as novidades – pensou animado
_Eu tentei ligar mais de 50 vezes para você, onde estava? – falou ele desesperado
_Na escola... – disse ele indiferente
_Verdade, devia ter ligado para o Diretor – disse ele muito exaltado
_O que foi? – curioso para saber o que esta acontecendo
_Descobriram sobre você, estão indo ai para te capturar,  cuid.... – disse ele rapidamente e a linha foi cortada
_Tio, tio – ele gritou em desespero, pensando que tinham acabado de atacar ele
_Será que é trote? – pensou, ele tentou ligar varias vezes, mas so dava caixa postal

_Droga

Lass - Cap.11


Na manhã seguinte, estava um dia calmo, acordou cedo, tomou banho, comeu e foi pra aula. Na sala, Lass viu Tsuki e o comprimentou
_Bom dia – disse com preguiça
_Bom dia – disse Tsuki que estava sentado em sua carteira
Os colegas que estavam na sala, ficaram assustados pelo bom dia dele (Lass), já que ele ficava quieto o tempo todo e ignorava os bom dia de todos.
A aula prosseguiu sem problemas, no intervalo a secretaria  tinha chamado o Lass que o diretor estava o chamando, ele foi rapidamente, ao chegar lá, bateu na porta, o diretor o chamou para dentro e pediu para ele fechar a porta e se sentar.
_Tenho uma noticia boa e uma ruim – falou o Diretor – Escolha uma
_A ruim – Lass falou sem hesitar
_Irei te contratar como empregado – disse ele animado pela resposta de Lass
_Não vejo coisa ruim nisso... – falou um pouco confuso
_Por que não viu o tipo de trabalho que ira fazer – disse o Diretor rindo
_E a boa?
_Salário...
_É o mínimo né, caso contrario não faria nada – disse Lass. O diretor depois de ouvir isso riu muito. – Qual será o trabalho?
_Esta tendo roubo de mercadoria, quero que proteja elas
_Mercadoria? Clandestina? – falou Lass
_Claro que não, são importadas de outros lugares e tudo dentro da lei
_Sei... bom, ok, aceito o trabalho, quero saber horário, local e quanto de salário – disse Lass
_Rápido você – disse o Diretor animado
_Claro
_Como o negocio não é tão certo, vai receber por dia de trabalho, geralmente a noite porque é o horário que atacam mais e salário eu ainda verei
_Ok, espero ansioso – disse Lass animado, já tinha emprego, agora as coisas estavam indo bem
_Só isso, pode voltar para a aula – disse o Diretor
_Ok

Lass então se retirou da sala

terça-feira, 17 de julho de 2018

Lass - Cap.10

Na casa do Jorge, estava ocorrendo um jantar muito importante. Tinha 26 pessoas na mesa, eles eram as pessoas que “controlava a cidade”, eram donos dos portos, os investidores, diretores e pessoas poderosas.
_Quero saber o que faremos com o garoto que chegou por aqui? – disse Jorge no centro da mesa de pé ao se levantar depois de já terem terminados de jantar
_Ele não esta nos fazendo nada. Por que continuar com isso? – falou um idoso terno todo branco,
_Ele desonrou minha filha – falou Jorge nervoso
_Primeiro você a mandou roubar ele, segundo, ele apenas foi grosso com ela – retrucou o velho de terno branco. Jorge ficou em silencio. – E mais, por causa de todas essas tentativas de dar uma lição no garoto, mais de 30 pessoas estão feridas, como ficam nossos negócios já que falta pessoal?
_Ele é tão bom assim? – perguntou alguém
_Devia o chamar para nosso grupo, pode nos ajudar – falou outro
_Esta tendo muito assalto de mercadoria da cidade por pessoas de fora, seria bom alguém para proteger elas – disse outro
_Ouvi dizer que traficantes estão se estabelecendo na cidade.
_Contrata ele como guarda noturno dos portos
Todos falavam apenas Jorge estava quieto
_Quietos – gritou Jorge batendo com a mão na mesa – Não me meterei com o garoto, mas não darei um emprego a ele, vocês podem se quiserem, mas eu não

O diretor da escola que estava lá já que fazia parte do comitê de educação da cidade, apenas estava comendo e ouvindo os comentários. A reunião se estendeu ate bem tarde da noite já que a conversa se estendia entre besteiras (todos amigos de longa data) e sobre como resolver os problemas

Lass - Cap.09

Lass e Tsuki, que tinham acabado de ser ataco por alguns caras perto da lanchonete e agora estavam indo à casa de Lass, que talvez estivesse cheia de pessoas querendo brigar com eles.
Ao chegar à esquina da casa de Lass, podem-se ver muitas pessoas lá, a maioria tinha uma altura maior de 1,8 metros, musculosos e tatuados.
_Não falei – disse Lass para Tsuki, eles estavam na esquina, atrás de uma casa apenas observando o movimento na rua. Os moradores ali perto apenas observavam da janela, já tinham visto Lass lutando e queriam o verele batendo em todo mundo de novo.
_Cadê ele? – disse um dos caras que estavam ali para bater no Lass, ele tinha uma aparência de soldado, cabelo curto e musculoso. Estava junto com ele mais ou menos 30 pessoas.
_Ta com pressa? – respondeu outro
_Sim, tenho que pegar minha filha na escola – disse o soldado já nervoso – Estamos esperando faz 40 minutos
_Ele deve estar chegando da escola – disse alguém do grupo
Lass observou a conversa olhou para Tsuki
_Ta a fim de andar pela cidade, os deixareles esperar a toa? – disse Lass
_Com certeza – disse Tsuki rindo. Então, os dois deram meia volta e foram ao centro novamente
Era meio dia, estava na hora do almoço, Lass estava no restaurante almoçando junto com Tsuki.
Na frente da casa de Lass, o soldado perdeu a paciência, pegou seu carro e saiu
_To indo, tenho mais o que fazer – disse ele, todos estavam esperando a quase uma hora, a maioria saiu também, sobrando apenas alguns.
Era umas 18 horas, Lass tinha se despedido de Tsuki e estava voltando para casa, eles estavam no fliperama jogando. Não tinha mais ninguém na frente de sua casa

_Ufa, ainda bem que desistiram – falou aliviado Lass, entrando em casa tranqüilo

Lass - Cap.08

_Vamos comer? – disse Tsuki se sentando novamente no banco
_Bora
_Quem eram eles? – falou Tsuki curioso
_Provavelmente uns seguidores do Jorge, parece que hoje tiraram o dia pra vir encher o saco e ainda fica envolvendo gente que não tem nada ve – disse Lass ao entrar na lanchonete para pegar um lanche
_Por que essa perseguição com você?
_Não sei, provavelmente seria a mesma coisa mesmo se não fizesse nada
_Será que estão nos perseguindo agora? – disse Tsuki enquanto estavam caminhando tranquilamente no centro da cidade
_Não sei - indiferente
_Aonde vamos? – disse Tsuki
_Aonde vamos? Eu pra minha casa, melhor não ficar por perto. – disse Lass indiferente
_Eu te ajudo – disse ele confiante
_Nem sabe lutar, vai atrapalhar...
_Naquela hora estava 3 contra mim
_Tive que lutar contra 15
_Não sei como conseguiu
_Tenho um dom que posso ter maior aptidão a luta, meu campo de visão fica melhor e posso observar o campo todo, assim, mesmo que tenha diversas pessoas, eu consigo impedir que me acertem ou pelo menos tentar.
_Caralho
_Treinei muito para conseguir isso, não vou ser vencido por um grupo de marmanjo que provavelmente só vai à academia e não treina arte marcial
_Pode crê, mas se precisar de algo, posso tentar ajudar.

_Ok, aposto que deve ter vários me esperando em casa, vou chamar até a ambulância – disse rindo 

Lass - Cap.07

_Ei vocês, prestem atenção – disse a professora para o Lass e Tsuki que logo ficaram em silencio – ela se sentiu aliviada por eles não terem tentado retrucar, a exibição de Lass deixou os professores um pouco apreensivos para dar bronca a ele caso necessário e ele agir de forma violenta (o que acontecia com o Leaf). A aula continuou., Lass e Tsuki continuaram a conversar.

Na saída da escola, mais especificamente no portão, estava Tsuki e Lass.

_O que fará agora? – falou Tsuki caminhando ao lado de Lass

_Não sei.

_Gostaria de ir lá a casa jogar?

_Não – falou Lass rapidamente e acelerou um pouco os passos

Tsuki acelerou os passos também e houve uma disputa para ver quem ia mais rápido, as pessoas que observavam eles achavam que eram dois retardados. Cerca de 1 quilometro depois, os dois estavam exaustos e decidiram sentar em um banco ali.

_Eu ganhei – disse Tsuki bufando

_Mentira – respondeu ele bufando, os dois começaram a brigar por isso, mas logo cansaram também

_Vou pegar uma água – disse Lass se levantando e indo em direção a uma lanchonete ali perto

Quando Lass entrou na lanchonete, três caras saíram e logo viram Tsuki e foram ate ele

_Ei, você é amigo do cara que saiu?

_Não. – respondeu o Tsuki ainda cansado pela corrida

_Bom, da no mesmo – se preparando para socar ele, mas Tsuki consegue se defender e se levanta. Os três o cercam, um deles consegue um mata leão no Tsuki, os outros começam a socar e chutar ele.

Pela janela da lanchonete, Lass conseguiu ver o que tava ocorrendo la fora e  sai rapidamente de lá, e da uma voadora em um dos caras, que desmaia. Lass se levanta.

_Oloko – reagiu o Tsuki, viu que o cara que estava dando um mata leão cedeu um pouco a força, aproveitou e deu uma cotovelada nele o fazendo soltar.


Agora era dois contra dois. Como eram apenas pessoas que só intimidam e não lutam, Tsuki e Lass rapidamente batem neles e os fazem sair correndo (esqueceram um).

Lass - Cap.06

A sala do diretor era uma sala com vários objetos históricos, mapas, capacetes medievais, armas (espadas, lanças, machados) e muitos quadros.
_Vamos entrando – abrindo a porta com a chave
_Nossa, quanta coisa legal – disse Lass entusiasmado com a sala do diretor
_Que bom que gostou, você sabe o que pode acontecer com você, pelo fato de você ter brigado na escola? – disse o diretor se sentando na cadeira dele
_Sente-se
_Expulsão? – disse Lass se sentando na cadeira
_Lhe darei advertência para vocês dois, um por incentivar a briga e outro por aceitar a provocação.
_Ta bom – disse aliviado, já tinha pensado que ia ser expulso e não tinha passado nem uma semana
_Seu tio falou bastante de você. – saindo da cadeira e andando pela sala
_O conhece?
_Sim, desde o colegial. Viajamos-nos muito juntos, encontramos essa espada em uma cidade lá na Europa – pegando uma espada medieval bem gasta e quebrada na ponta
_Que legal, não sabia que ele tinha viajado tanto.
_Nem parece – rindo um pouco – Nos viajamos pelo mundo todo, tentávamos procurar relíquias ou coisas antigas em vários lugares
_Maneiro – ele se animando
O sinal do intervalo foi escutado.
_Bom, esta aqui sua advertência, entregarei para o Leaf também, pensei em te liberar da aula, mas mudei de idéia. – entregando ao Lass um papel
_Gostaria de ouvir mais historias – disse ele se levantando – Mas ok.
_Outro dia. – disse sorrindo sobre o comentário
_Ta bom – Lass saiu da sala do diretor e foi para a sala de aula, agora era aula de biologia, a sala inteira estava em silencio. Leaf ainda estava na enfermaria desmaiado
Um cara atrás do Lass acordou quando o Lass derrubou sem querer o lápis, ele pegou e entregou a Lass.
_Soube da briga, e ai, o que deu? – disse o garoto para Lass tirando o fone de ouvido
_Advertência para nos dois
_Que bom, sou Tsuki. – estava com cara de que estava dormindo todas as aulas antes do intervalo, tinha cabelo espetado todo de blusa cinza.

_Prazer