Destaque

Destino? - Capitulo 01

_"Em um mundo pós apocalíptico, um garoto tem que acabar com o mal e assim salvar o mundo". Seria legal não? - disse um garoto de...

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Destino - Cap.58


Todos ainda estavam olhando pra fora espantados daquela pessoa ter asas, achavam que esse negocio de poderes era marketing pra algum filme
_Quero poder também – disse uma criança para o pai
_Aqui é Gred, agente Felipe foi capturado, necessito de apoio na localização do meu GPS
_Ok
_O que você quer?  - disse Tales bravo
_Se encontrar com os amigos do Felipe – disse Gred se sentando na poltrona novamente
_A ajuda ta chegando – disse Emily se revelando pra eles
_Você também? – disse Bruna decepcionada
_Estamos aqui pra resolver isso logo, queremos conversar com eles
_Ok, né – disse Tales
--

Felipe com o tempo logo foi capturado, colocaram um dispositivo no pescoço dele e fez com que os poderes dele seja desativados.
_Quem são vocês? – gritou ele enquanto estava algemado
_Nos fazemos ás perguntas
--

Mary estava assistindo televisão quando viu a noticia que um cara de anjo tinha saído do ônibus e logo foi capturado. Ela ligou para a central e foi contatada que não foram eles que fizeram isso
--

A noticia veio a tona pra Alisson  e o pessoal, já queriam fazer um plano para salvar ele, mas não sabiam onde ele estava
_Vamos ver com os dois que vão vir
Na rodoviária, estava Alisson e Jhonathan esperando, tinha muitas pessoas _Como vamos descobrir? – olhando para os lados
_Lembra do cartão? – disse Alisson pegando o celular

Gred, Emily, Bruna e Tales tinham acabado de chegar
_Cade eles? – disse Gred
_Não sei...

_Pelo aplicativo com GPS que esta no cartão, pode ser os quatro ali, mas era pra ser duas pessoas, não quatro – disse Alisson disfarçando
_Foram capturados?
_Vamos chamar eles, mas não levar eles pra base
_Ok

Os quatro estavam parados no meio da rodoviária a meia hora olhando para todos os lados, quando duas pessoas começaram a chegar perto acenando
_Devem ser eles – disse Bruna animada, já que estava cansada de esperar
_Oi, sou Alisson, amigo do Felipe – acenando
_Sou Gred, essa é Emily, trabalhamos com o Felipe
_Sou bruna e esse é Tales
_Sou jhonathan
_Vamos então – disse Alisson pegando algumas malas pra ajudar
Eles saíram da rodoviária
_Cadê o carro? – disse Gred confuso
_Logo ali
Logo pode-se ver Rafael indo em direção ao grupo e ao passar do lado deles, um buraco foi aberto e todos pararam na antiga base (na casa do Rafael)

Destino - Cap57


Felipe ainda estava em outra cidade, então estavam de folga, Theo e Alisson foram sair pra academia. Mary estava encarregada de vigiá-los (e por coincidência era a academia que ela freqüentava).
Estava tudo normal, todos fazendo alguns exercícios e a televisão estava ligada com musica tocando para incentivar o pessoal, do nada a musica para e um circulo pode ser visto em cada televisão. Os círculos foram se movendo para uma televisão.
_Que isso, chamado? – disse um dos que estavam treinando. Logo pode ser visto dedos segurando como se apóia-se para sair dali, uma cabeça foi vista, era um cabelo negro, molhado e grande, cobrindo o rosto. Todos que viram isso saíram correndo, A pessoa foi fazendo força para sair e o buraco foi crescendo e todas televisões foram explodindo, pode-se ver os ombros passando pelo buraco, depois pode-se ver a barriga, ela estava todas vestida de branco, mas estava amarelo e úmido, ela então impulsionou e se jogou no chão, o buraco se fechou, ela se levantou com as duas mãos e o cabelo estava todo em seu rosto. Tinha algumas pessoas ali alem de Mary, Theo e Alisson.
Ela correu ate o cara que estava gravando e se jogo nele, a mão dela que bateu em sua barriga, criou um portal transportando ele. As pessoas agora saíram correndo, mas ela foi correndo de pessoa em pessoa que corria e a teletransportava para algum lugar.
_Que merda é essa? – disse Mary
_Melhor correr – disse Alisson
_Não, ela só esta atacando quem corre – disse Theo
_Temos que salvar quem foi pego – disse Mary
_Nem sabemos onde ela os leva, não saberemos como voltar, seja lá onde for e como lutaremos? – disse Theo
_Merda – assentiu Mary. De um em um ela foi capturando, ela ficava correndo meio selvagem e jogada no chão, dava mais medo ainda, parecia possuída

Destino - Cap. 56.2

Na casa de Laila, ela tinha acabado de receber a ligação de Felipe
_1 ponto a menos, operação canja – repetiu ela
_Que bosta de código é esse? – falou Alisson, estavam todos lá na sala, na casa de Laila assistindo TV
_É bem fácil de entender – disse Rafael – Eram três, menos um, operação canja, juntar todos e tal
_Temos que tomar cuidado, provavelmente o Felipe disse que era um procurado e têm poderes, eles não podem prendê-lo, mas ficará sendo observado – disse Theo
_Ele chega amanhã, vamos ficar de boa por enquanto – disse Karine
Douglas logo se levanta – Já sei – grita – Que tal nos dividir e procurar todos os iguais a nos?
_Ótima idéia – disse Jhonathan
_Não, seria como mostrar onde estão as presas, deixem-nos escondidos, melhor – falou Theo



Destino - Cap.56.1

Na casa de Laila, ela tinha acabado de receber a ligação de Felipe
_1 ponto a menos, operação canja – repetiu ela
_Que bosta de código é esse? – falou Alisson, estavam todos lá na sala, na casa de Laila assistindo TV
_É bem fácil de entender – disse Rafael – Eram três, menos um, operação canja, juntar todos e tal
_Temos que tomar cuidado, provavelmente o Felipe disse que era um procurado e têm poderes, eles não podem prendê-lo, mas ficará sendo observado – disse Theo
_Ele chega amanhã, vamos ficar de boa por enquanto – disse Karine
Douglas logo se levanta – Já sei – grita – Que tal nos dividir e procurar todos os iguais a nos?
_Ótima idéia – disse Jhonathan
_Não, seria como mostrar onde estão as presas, deixem-nos escondidos, melhor – falou Theo



Destino - Cap.55

Felipe estava sendo interrogado enquanto o resto estava na enfermaria, ele tinha contado quase toda verdade, tinha dito que ele era um dos que tinha poder e que o Jean veio atrás dele e envolveu as crianças, conseguindo levar uma delas [Luiza], também falou que ele transporta as pessoas pra uma sala vazia e transforma as pessoas em chips pra depois absorver eles.
_Que coisa louca.. – disse Gred, o cara que estava o interrogando – Mas muito interessante
_Depende né
_Como as pessoas liberam os poderes? – falou rapidamente o Gred a olhar pra janela em sua frente
Felipe olhou para o lado e percebeu, sabia que não poderia falar muito sobre isso – Não sei dizer ainda, foi por acaso eu acho...
_Conhece mais alguém?
_Sim, mas não irei falar
_O futuro deles depende dessas respostas...
_Não dependem não, essa organização ainda não consegue impedir ele de vir atrás, se tiver as informações de quem é quem, pode ser pior
Ele ficou em silencio e concordou ainda não se sabe como ele sabe quem é quem, se nossa organização souber e for hackeada será pior.
Logo Felipe foi liberado, Emily, Tales e Bruna estavam o esperando. Estavam conversando
_Olha ele ali – disse Emily animada
_Queria saber quem nos salvou – disse o Tales se levantando e o cumprimentando – Pena não conseguiu salvar a Luiza, queria poder estar acordado para ajudar
_Não se preocupa, logo a encontraremos – falou Felipe já mais animado
_Ola, obrigado – disse Bruna mais tímida
Eles estavam sentados em um banco dentro da empresa principal o OPER, estava vazio.
_O que faremos agora? – falou Emily
_Comer – disse Felipe alegremente pra saída – Vamos a um rodízio, saco vazio não para em pé
Todos entraram no carro, Felipe parou para dar uma ligação
_1 ponto a menos, operação canja – disse ele no telefone
_Ok – respondeu Laila do outro lado do telefone


Destino - Cap.54

Luiza, Tales e Bruna tocaram em um pedaço de pedra vermelha e estavam desmaiados, Felipe logo que soube disso foi rapidamente observar a situação deles junto com a Dr. Emily. Mas logo a situação ficou complicada quando o Jean aparece e ainda controlava Luiza.

_Droga, Emily – disse Felipe ao olhar ela desmaiada e indo em direção a Luiza

_Afaste-se – disse Jean fazendo uma tempestade com as mãos

O vento estava forte e Felipe estava sendo levado por elas.

_Bosta – disse ele e fez as asas desaparecerem, logo que desceu correu ate a Luiza e empurrou-a, que caiu. Mas logo se levantou.

_Vou ter que fazer isso – disse ele colocando todos juntos

_Esfera Angelical!! – gritou e uma esfera se formou entre eles – Ao menos estarão seguros por um tempo

_Ho-hoi, aprendeu umas técnicas novas – disse Jean parando e aplaudindo – Essa eu conheço, me parece que ganhou dessa vez

_Existem pessoas que tem liberaram o mesmo portão? – falou Felipe

_Não, isso é passado aleatoriamente depois que morre, ressurgindo de tempo em tempo, técnica de defesa muito poderosa, não conseguirei fazer nada por enquanto, venha Luiza – disse ele parando de andar

_Não levara ela – disse Felipe indo em direção a Luiza e liberando as asas

_Acho que não – levantando a mão e jogando uma ventania nele, deixando-o mais longe da Luiza

Logo que a Luiza chegou perto de Jean, Felipe se viu no laboratório junto com o resto do pessoal desmaiado.

_Me parece que ninguém sentiu falta de nos, ainda bem... – disse ele ao colocar Tales e Bruna de volta na câmara e tentou acordar a Emily com alguns tapinhas no rosto.
Felipe então viu que não iam acordar e telefonou para a segurança de um comunicador ali da sala

_Jean apareceu e levou uma das pessoas em observação – falou e desligou
A noticia se espalhou no prédio inteiro em apenas 5 minutos. Surgiu então Gred
_Vamos a sala de interrogatório –disse ele

_Sim

Na sala, eles estavam um na frente do outro sentados em uma cadeira com um grande vidro ao lado

_Precisamos ter um relatório completo do que aconteceu, seu e de todos os envolvidos – disse Gred

_Claro, mas Emily esta desacordada, Bruna e Tales estavam e estão desacordados, então por enquanto só eu – disse ele

_Me conte tudo o que ocorreu


_SIm

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Destino - Cap.51

Tales, Bruna e Luiza ao tacarem a pedra vermelha e preta desmaiaram, Felipe que já tinha encontrado essa pedra antes decidiu avisar eles sobre ela, mas era tarde de mais.

_ Pode me falar um pouco sobre eles? – disse Felipe

_ Bom... Deixa-me ver... – disse Emily

_Ah...não tem muito o que dizer deles,mas a ficha deles esta aqui – disse Emily entregando para Felipe

_ Legal – disse Felipe pegando e dando uma olhada – Será que aconteceu o mesmo com a gente? – pensou – Demorou tanto assim?

_O que foi? – disse Emily

_Nada – disse ele envergonhado

_Parece que eles estavam querendo trabalhar para nos também, tem diversas área e mais de mil candidatos – disse Emily

_Estou vendo – disse Felipe

_ Tales tem 12 anos, 1,60 m, cabelo encaracolado ruivo, um pouco acima do peso, classe media, sobre bullying pelo peso.  Passou em armas de fogo.

_O teste foi por realidade virtual – disse Emily – 10º melhor

_Mas ele tem só 12 anos?

_Treinee

_ Bruna, tem 10 anos, 1,50 m, morena e magra, classe media, pelo fato de ter um  QI muito alto ela é meio ignorada por achar melhor que todo mundo. Passou em estrategista e arco e flecha

_Também realidade virtual, 14ª melhor

_ Luiza, tem 15 anos, tem 1,60 m, é mestiço e magro. Classe media, é briguenta e já foi suspensa umas 10 vezes. Passou em combate corpo a corpo.

­_Luta real, podia qualquer arte marcial, ela se classificou em 4º

Na maquina de Tales, de uma hora par outra começou a mudar, mostrar os batimentos cardíacos acelerados e junto disso ele começou a tremer e entrar em convulsão.

_ O que esta acontecendo? – disse assustado Felipe

_ Injetarei calmante. –disse Emily – Droga, não esta funcionando.


A equipe ficou muito assustada pelo fato da criança de 12 anos esta tendo convulsão. Mas logo parou.

Destino - Cap.53

_Esse evento com a pedra, nunca ocorreu antes... – disse Felipe assustado e olhando para os dados que estavam em uma prancheta. Eles estavam no laboratório, estava apenas ele, Emily e os garotos ali na câmara de observação.

_Já tinha visto antes? – perguntou Emily um pouco aflita em ouvir que já tinha ocorrido antes e ela não sabia (sendo que ela é uma das lideres do centro de pesquisa)

_Já presenciei a algum tempo atrás, mas nada que seja muito relevante, já que desmaiei e só peguei poucos dados – disse ele tentando arranjar uma desculpa

_Entendi – disse ela e ficou em silencio

Um tremor é sentido

_Merda, será ele? – pensou Felipe e logo foi para o botão para acionar a segurança
_O que está acontecendo? – gritou Emily e logo se viu em uma sala branca.

Logo Jean aparece cerca de 50 km, e começa a andar em direção a eles. Felipe rapidamente corre ate os garotos e tira eles das câmaras e tenta acordá-los. Emily estava paralisada por tudo aquilo, o cara que seqüestra as pessoas com poderes estava em sua frente e ela não podia fazer nada.

Tales, Bruna e Luiza ainda estavam desacordadas. Felipe tinha acabado de tirá-los e estava pensando em um jeito de sair dali, seus poderes poderiam ajudar, mas Emily estava ali.

_Foda-se – pensou Felipe, concentrou um pouco e saiu correndo em direção ao Jean, após deixar as crianças deitadas no chão.

Jean estava indo em direção a Emily que estava sentada no chão paralisada de medo, Felipe chegou pela direita de Jean e ao liberar as asas socou Jean que saiu voando. Com isso Emily despertou e saiu correndo em direção aos garotos

_Uma boa idéia utilizar as asas para aumentar a velocidade e logo a força de seu soco – disse Emily – Agora, como saímos daqui?

_Não se surpreendeu em eu ter poderes? – voando ate ela, deu uma pausa – Não tenho a mínima idéia

_Um pouco, mas vemos isso depois... Se tiver...

Luiza então se levanta

_Ela pode nos ajudar – disse Emily

Luiza então soca Emily que desmaia e pega Tales e Bruna que estavam desacordados ainda e começa a arrastá-los com muito esforço

_O que esta fazendo? – disse Felipe ainda flutuando

_Traga-os ate mim – disse Jean de longe


Destino - Cap.52

Tales, Bruna e Luiza tocaram a pedra e agora estavam em coma. Felipe e Emily estão tentando descobrir o que esta acontecendo com eles, Tales estava em convulsão, mas logo parou

_ Ainda bem que parou – disse Felipe

_ Mas olhe. Ele esta mudando... – disse Emily

Tales, que era acima do peso, começou a criar massa muscular e a crescer, seu cabelo que era um enrolado feio começou a melhorar. Suas feições e corpo já não pareciam mais de uma criança e sim de um adolescente.

_ O que aconteceu? – disse os dois

_ Teste através das células dele qual a idade dele. Quero ter certeza se ele pulou algumas idades ou é impressão.

Emily remotamente pega um pouco de amostra de tales e em uma maquina para teste de corpo (É uma maquina que quando se tem um assassinato se usa para ter certeza da idade do corpo da vitima e outras coisas que pode ser difícil de identificar visualmente)

Após alguns minutos após o teste ser feito, foi se concluído que ele tem uma idade de 17 anos.

_ Como que ele... a pedra fez isso? – disse Felipe – Isso não tinha acontecido antes comigo – pensou ele

_ Pegue o sangue dele. – disse Emily

_ Sim, verdade – disse Felipe. Logo acontece com Luiza e Bruna, todas tinham uma adição em sua idade de 5 anos. Tales que tinha 12 foi para 17, Bruna que tinha 10 foi para 15 e Luiza que tinha 15 foi para 20. Mas nenhum deles havia acordado.

_Queria poder levar para meu laboratório particular para ver o que esta acontecendo com eles – disse ele com raiva e socando a maquina

_Infelizmente não da pra tirar eles daqui...

_Pois é... e a noticia se espalhou? – disse Felipe

_Sim, mas que três estudantes desmaiaram por falta de atenção dos funcionários da empresa. – disse Emily


Destino - Cap.50

Algum tempo após arrumarem tudo, testarem todos os lugares e pessoas dali, liberou todos que estavam ali. Apenas a pedra e as crianças que ainda estavam desmaiadas estavam em uma ala separada.

Na ala que eles estavam, estavam os quatro em camas normais de hospital com maquinas para a situação deles, mas estava toda fechada.

Deitados estavam Tales, Bruna e Luiza. Fora dali, duas pessoas estavam observando-os, era o Dr. Felipe Augusto e Dra. Emily Chaves

_Não disse que ia ser interessante – disse Felipe

_Realmente, como sabia? – disse Emily

_Ja vi essa pedra e não deu muito certo

_Conte-me mais – disse ela

_Talvez mais tarde, agora vamos olhar esses 3

Dr. Felipe Augusto tem 64 anos, 1,7 m, magro, com castanho bagunçado e com uma cara de que não dormiu por alguns dias, é medico do instituto faz 30 anos e trabalhou 20 anos na parte de pesquisa tecnológica. Ele já tinha estudado no instituto antes, começou com os 10 e terminou aos 20 anos.


Dra. Emily Chaves tem 30 anos, 1,8 m tinha um corpo bem avantajado, cabelo moreno curto. Por ter sido uma ótima aluna e gênio na área da saúde conseguiu se formar em 7 anos (10-17 anos) e trabalhou em vários hospitais e a pouco tempo( Faz 3 anos) começou a trabalhar para o instituto.